Garanta seu lugar
no evento presencial do
CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA
Edição Documental

FAPCOM - São Paulo

GANHE 50% DE DESCONTO
NO ACESSO OURO DO CONBRAF - DOCUMENTAL

Clique no botão abaixo para se inscrever
         Um dia de palestras e ensinamentos imperdíveis                               

QUERO GARANTIR MEU LUGAR!
Suas informações estão seguras.
dúvidas: suporte@conbraf.com.br
João Maria



BOB WOLFENSON

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL
João Maria

Fabs Grassi

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL
João Maria

Cássio Vasconcellos

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL
João Maria

Érico Hiller

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL
João Maria

Pedro Garcia

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL
João Maria

André Havt

no CONGRESSO BRASILEIRO DE FOTOGRAFIA PRESENCIAL

MESA REDONDA CONBRAF

DISCUTINDO A FOTOGRAFIA DOCUMENTAL
João da Silva

Érico Hiller

João da Silva

Mobgraphia

José de Oliveira

Marcos Alves

José de Oliveira

Bob Wolfenson

João da Silva

Fabs Grassi

João da Silva

Cláudio Belli

Evento presencial do Congresso Brasileiro de Fotografia

FAPCOM, São Paulo
R$ 297,00
17 DE SETEMBRO
Acesso a todas as palestras
50% de desconto no Acesso Ouro do Conbraf Online
Dúvidas: suporte@conbraf.com.br

PROGRAMAÇÃO

Imagem

BOB WOLFENSON
Desde que iniciou sua trajetória profissional, aos dezesseis anos, no estúdio da Editora Abril, o paulistano Bob Wolfenson já trabalhou com os principais gêneros fotográficos. E o fez com sucesso, tanto em seu estúdio como em viagens pelo Brasil e o mundo afora - tomando café da manhã no salão vazio do Hotel Glória em Caxambu ou pedindo room service do Copacabana Palace.

Uma das referências nacionais como retratista, fotógrafo de nus e de moda, Wolfenson transita entre a publicidade e a arte. Já trabalhou para as principais revistas de moda como Vogue, Elle, S/N, Playboy, Harper’s Bazaar, Marie Claire e Rolling Sones e publicou livros como Jardim da Luz (Editora DBA/Companhia das Letras, 1996), Moda no Brasil por Brasileiros (Cosacnaify, 2003), Antifachada - Encadernação Dourada (Cosacnaify, 2004), Cinépolis (Schoeler, 2009), Apreensões (Cosacnaify, 2010), Belvedere (Cosac Naify, 2013) e 24x36 (Schoeler Editions,2013). Seu mais novo trabalho, Nosoutros, foi apresentado na Galeria Millan no começo de 2017 e foi enviado para vários festivais no mundo afora. Wolfenson é também criador e editor da revista de arte e moda S/N. Muitas de suas obras fazem parte dos acervos do Museu de Arte de São Paulo (Coleção Pirelli-MASP), do Itaú Cultural, Museu de Arte Moderna de Sao Paulo, Museu de Arte Brasileira – FAAP, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo (MAC-USP), Zacheta National Gallery of Art (Varsóvia), entre outras coleções. Ademais, além de seus projetos autorais, em 2016, B.W se envolveu como co-curador da exposição de Otto Stupakoff ao lado de Sergio Burgi, no Instituto Morreira Salles no Rio de Janeiro.
Exemplo de imagem
CÁSSIO VASCONCELLOS
Cássio Campos Vasconcellos (São Paulo, SP, 1965) – Iniciou sua trajetória na fotografia em 1981. Como fotojornalista, trabalhou no jornal Folha de São Paulo, em 1988.

Já participou de mais de 200 exposições em 20 países, entre elas “Coletivos”, no Today Art Museum (TAM), Pequim, China (2013); "Itinerant Languages of Photography", Princeton University Art Museum,  Princeton,  New Jersey, Estados Unidos (2013); e "O Elogio da Vertigem: Coleção Itaú de Fotografia", Maison Européenne de La Photographie, Paris, França (2012).

Cássio Vasconcellos publicou 06 livros: Aeroporto (Ed. Madalena, 2015), Aéreas do Brasil (BEI, 2014), Panorâmicas (DBA, 2012), Aéreas (Terra Virgem Editora, 2010) e Noturnos São Paulo (2002) e integra o seleto grupo do livro “The World Atlas of Street Photography”, livro publicado pela Thames & Hudson, Inglaterra, e pela Yale, U.S.A. em 2014 e que traz a série “Noturnos São Paulo”.

Ganhou vários prêmios como o Conrado Wessel de Arte (2011) e Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA - 2002), pela melhor exposição do ano com a mostra “Noturnos São Paulo”. Suas imagens fazem parte de diversas coleções no Brasil e no exterior, como o MASP - Museu de Arte de São Paulo (São Paulo, Brasil), Bibliothèque Nationale (Paris, França) e Museum of Fine Arts (Houston, Estados Unidos).
Exemplo de imagem
Pedro Garcia
Designer gráfico de formação, Pedro Garcia nasceu e cresceu no Rio de Janeiro. Trabalhou como criativo publicitário em Londres, São Paulo e Buenos Aires. Atualmente, é Head of Concept do Grupo Isobar Brasil.

Ficou famoso a partir de 2011, quando, recém-chegado ao Rio de Janeiro após uma temporada no exterior, fantasiou-se de lambe-lambe em um bloco de carnaval e, no que ele chama de “epifania carnavalesca”, criou o personagem “Cartiê Bressão”, o fotógrafo flanêur que conquistou a internet, com ampla repercussão na mídia nacional e internacional, o que já rendeu desde entrevista com Jô Soares, um livro financiado por seus fãs, palestras pelo Brasil, exposições em galerias, no Palácio do Planalto e no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Pedro é também um dos fundadores da Queremos!, uma plataforma digital de fãs de música que através da análise de dados e financiamento coletivo, já realizou mais de 150 shows no Brasil e no mundo, com artistas que vão de LCD Soundsystem, Chet Faker e The XX, até youtubers americanos como Jack & Jack e Dolan Twins.

Faz a produção artística da carreira do DJ João Brasil, autor de “Michael Douglas” uma das músicas mais tocadas no carnaval de 2017, e da cantora Lila, artista independente escolhida como uma das apostas do Spotify para o ano de 2016.

Há cinco anos, também faz parte da equipe responsável pela criação do formato do Prêmio Multishow de Música Brasileira, juntando música pop com a cena independente e integrando a presença do prêmio em diversas plataformas.
Exemplo de imagem

Congresso Brasileiro de Fotografia
Auditório da FAPCOM - Rua Major Maragliano, 191

Vl. Mariana São Paulo/SP - https://www.fapcom.edu.br

Imagem

Imagem

ImagemAPOIO CULTURAL